minhas frases

AO NAVEGAR NO BLOG e quiser retornar ao início, clique no menu: "início"



Alguns artigos publicados foram pré-agendados (datas de publicação programadas) usando o aplicativo disponível no próprio Blogger, então, posso não estar online no instante da postagem.


Agradeço a sua visita. Se inscreva para eu te conhecer... bjuss...Mii

VISITANTES APÓS MARÇO- 2011

ASSISTA ALGUNS VÍDEOS QUE ESCOLHI.

Loading...

segunda-feira

Poesia de Milena Medeiros -A flor do tempo




A FLOR DO TEMPO



Não sei aonde vou
sigo sozinha sem amor

Sei que a dor do amor
Dói muitas vezes
mas cicatriza fácil
na presença do amado

Mas se for de desamor
deixa ferida profunda
e depois de um certo tempo
uma cicatriz se faz presente.

Se a ausência for com amor
Logo brota quando na volta do amado
Mas de for de dor, somente,
nenhuma flor ou semente dará.

Estou agora presa ao tempo
de outono a inverno adormeço num extremo
se eu chorar valeu por me olhar
Seja feliz com quem te amar,
Se eu não mais te querer...

Foi um bom tempo aquele
que eu te colhia em ramalhete
e tu me davas amor.

Agora sinto o desprezo a indecisão, o não cuidar
Sou uma flor a murchar
Você um jardineiro que me fez brotar
agora se descuida e me faz morrer

Na tristeza em que me encontro
uma certeza eu tenho
que no momento por vir
Uma flor seca encontrarás

Num quadro de parede
Atrás de vidro transparente
Um amor em lembrança
uma marca do que passou

As vezes tu olharás para esse quadro
e ainda em seu coração um aperto encontrará
Saberá que em um dia
Por essa flor tu foi amado
e a deixaste secar !

[milen@ Medeiros]