minhas frases

AO NAVEGAR NO BLOG e quiser retornar ao início, clique no menu: "início"



Alguns artigos publicados foram pré-agendados (datas de publicação programadas) usando o aplicativo disponível no próprio Blogger, então, posso não estar online no instante da postagem.


Agradeço a sua visita. Se inscreva para eu te conhecer... bjuss...Mii

VISITANTES APÓS MARÇO- 2011

ASSISTA ALGUNS VÍDEOS QUE ESCOLHI.

Loading...

sexta-feira

letras original e tradução da música "angels or Devils"-com link

Angels Or Devils





this is the last time
that I'm ever gonna come here tonight
this is the last time -
I will fall into a place that fails us all -
inside And I can see the pain
in you And I can see the love
in you but fighting all the demons
will take time it will take
time the angels they burn inside
for us are we ever are we ever gonna learn
to fly the devils they burn inside
of us are we ever gonna come back down
come around I'm always
gonna worry about the things that could make us
cold this is the last time that I'm ever
gonna give in tonight are there angels or devils
crawling here?
I just want to know
what blurs and what is clear -
to see still I can see the pain
in you and I can see the love in you and fighting
all the demons
will take time it will take time
the angels they burn inside
for us are we ever
are we ever gonna learn to fly
the devils they burn inside of us
are we ever gonna come back down -
come around I'm always
gonna worry about the things
that could break us if I was to
give in - give it up - and then take a breath -
make it deep
cause it might be the last one
you get be the last one that could make us
cold you know that they
could make us cold
I'm always gonna worry
about the things that could
make us cold


----------------------------------------------------------------
tradução :

By Eginar jordão (Dark_friend)Dishwalla - Anjos ou Demônios

http://vagalume.uol.com.br/dishwalla/angels-or-devilstraducao.html

Essa é a última vezque eu virei até aquí durante a noiteessa é a última vez - Eu caireiem um lugar onde todos nós falhamos - por dentroem um lugar que desaponta a todos nósEu posso ver a dor em vocêEu posso ver o amor em vocêmas lutar com todos os demônios levará tempoisso vai levar tempoos anjos, eles queimam por dentro por nossa causanós algum diaalgum dia aprenderemos a voar?os demônios, eles queimam dentro de nósnós algum dia iremos nos arrependernos recuperarEu sempre me preocuparei com as coisas que podem nós tornar friosEssa é a última vezque eu vou desistir essa noitehá anjos ou demônios rastejando por aqui?eu só quero saber o que é o embaçado e o que é claro - para verainda posso ver a dor em vocêe eu posso ver o amor em vocêe lutar com todos esses demônios levará tempolevará tempoos anjos, eles queimam por dentro por nossa causanós algum diaalgum dia aprenderemos a voar?os demônios, eles queimam dentro de nósnós algum dia iremos nos arrependernos recuperarEu sempre me preocuparei com as coisas que podem nós quebrarse eu fosse desistir - abdicar- e entãorespiraria - profundamenteporque poderá ser a última vez que você conseguepode ser o últimoisso pode nos tornar friosvocê sabe que isso pode nos tornar friosEu sempre me preocuparei com as coisas que podem nós tornar frios



ANGELS OR DEVILS (TRADUÇÃO) de Dishwalla no VAGALUME (Letra e Vídeo)

ANGELS OR DEVILS (TRADUÇÃO) de Dishwalla no VAGALUME (Letra e Vídeo)

ESSÊNCIA DE VIDRO- texto enviado por Rosilene



Essência de vidro

Quando os nossos pés descalços se colocam diante das duras pedras do sofrimento...
Quando a fragilidade de nossa condição nos leva a trilhar o inevitável caminho das sombras...
Quando a vida nos revelar que somos portadores de uma essência de vidro...
É importante que a gente se livre da pressa e da facilidade das respostas prontas...
Porque diante da dor sofrida, mais vale um silêncio,uma pausa, que uma palavra  inoportuna.

(Pe. Fábio de Melo)
*
Um abraço carinho e, beijos azuis.
Rosilene


Juliano Urata canta- Angels or Devils- com tradução

tradução de :

Angels Or Devils


Essa será a última vez
Que eu virei aqui  essa noite
Essa será a última vez que irei cair
Num lugar que nos enfraquece

Eu consigo ver a dor em você
Eu consigo ver o amor em você

Mas lutar contra todos os demônios levará tempo
Levará tempo
Anjos queimam internamente por nós
Será que algum dia nós
Será que algum dia nós aprenderemos a voar?
Os demônios queimam dentro de nós
Será que algum dia iremos retornar? Se recuperar?
Sempre irei me incomodar
com as coisas que poderiam nos fazer mal
Essa será a última vez
Que eu desistirei essa noite
Há anjos e demônios rastejando aqui?
Eu apenas queria saber o que está embaçado e o que está claro para ver
Ainda assim consigo ver a dor em você
E consigo ver o amor em você
E lutar contra todos os demônios levará tempo
Levará tempo
Anjos queimam internamente por nós
Será que algum dia nós
Será que algum dia nós aprenderemos a voar?
Os demônios queimam dentro de nós
Será que algum dia iremos retornar?
Se recuperar?
Sempre irei me incomodar com as coisas que poderiam nos quebrar
Se eu fosse desistir - desistir disso
e então
Respirar - tornar isso profundo
Porque pode ser a última chance que existe
A última
Que poderia nos fazer mal
Sempre irei me incomodar com as coisas que poderiam nos fazer mal


Espero que goste! qualquer coisa me mande uma msg!!



beeijoss e abraços!


Juliano Urata"

link para o vídeo no youtube:

http://www.youtube.com/watch?v=PHuHGA2S8l8

obrigada Juliano Urata por traduzir essa linda música que você, com esse dom divino nos encanta.
Milena medeiros-08/01/2010


Poesia de Milena Medeiros -CHOVEU MUITO ONTEM


CHOVEU MUITO ONTEM
MILENA MEDEIROS
08/01/2010

CHOVEU MUITO ONTEM
LÁ NA REGIÃO
ONDE TRABALHO
CAIU MUROS,
PONTES E CASAS.

HOUVE DESABRIGADOS
PESSOAS QUE SE MACHUCARAM
UNS NA ALMA
OUTROS TAMBÉM,
NA VIDA.

HÁ MÃES
QUE AINDA
CHORAM
PERDAS MATERIAIS
PERDAS FAMILIARES.

HÁ CHORO
E CHUVA
MISTURADOS
A DOR.

CHORO JUNTO
MAS QUASE NADA SEI
DESSA DOR.

SABEM DELA
SOMENTE AQUELES
QUE A TIVERAM.

OS CONSOLO
COMO POSSO
A UNS SOMENTE
UM ABRAÇO
A OUTROS
SOMENTE MEU OLHAR
MOLHADO.

NESSE MUNDO
AMIGO
HÁ TRISTEZAS
PROFUNDAS.
NELAS CABEM
TUDO!

ÀS VÍTMAS, PARENTES, AMIGOS DAQUELES QUE TIVERAM SUAS PERDAS DURANTE A CHUVA DE ONTEM. NÃO SÓ OS QUE RESIDEM EM MAUÁ (ZAIRA E OUTROS BAIRROS) MAS COMO EM SANTO ANDRÉ (E REGIÃO) E OUTRAS LOCALIDADES DE NOSSO BRASIL.


QUE TENHAM A FORÇA NECESSÁRIA PARA SE RECUPERAREM.


QUE TENHAM AMIGOS DESCONHECIDOS E CONHECIDOS QUE OS POSSAM AJUDAR, COM ALIMENTOS, ROUPAS, UTENSÍLIOS, ABRIGOS.


QUE TAMBÉM RECEBAM O AUXÍLIO DE UM ABRAÇO, DANDO-LHES FORÇA E ÂNIMO.
Milena Medeiros


Poesia de Milena Medeiros -O DESERTO NO TEU PEITO



 O DESERTO NO TEU PEITO





ESTÁ EM TI UM DESERTO...

NÃO TENS SONHOS

NÃO TENS VIDA

NÃO TENS SOMBRAS NEM POMARES. 

VIVES AO LÉU

NÁUFRAGO DE SEXO. 

O TEU PORTO FINDA

NO CORPO DE OUTRO QUALQUER. 

USAS DE ARTIMANHAS

NO CONFRONTO DE TEU ARDOR.


TENS SOMENTE UMA VADIA PAIXÃO

QUE TE ACOMETE DE REPENTE

E SE ESVAI

ENXURRADA MALVADA  

NEM TEUS BEIJOS QUERO MAIS,

SE ASSIM OS POSSO CHAMAR,

AQUELES TOSCOS CONTATOS

QUE TU DIZIAS GOSTAR.  

ABRAÇOS?

JAMAIS!

AQUELES ERAM

SIMPLES RÉPLICA DE SEGURAR. 

APRENDES,

AMIGO

QUE AMAR É MUITO MAIS. 

É LEVAR E TRAZER

O MEL NO OLHAR. 

É CALAR N'ALMA

O QUE DIZES NOS LÁBIOS.  

É SEGURAR ENTRE OS DEDOS

O DESABROCHAR DESTA FLOR

QUE JULGAS SABER AMAR. 

AGORA,

SÃO BRANCOS OS TEUS HORIZONTES. 

PODES PREENCHER COM NOVAS FORMAS.  

SÓ NÃO VAIS DE NOVO PECAR.  

PARA VIVER O AMOR

SAIBAS NÃO SÓ CATIVAR

MAS, TAMBÉM,

SEM MEDO SE ENTREGAR. 

NÃO OLHES FORMAS SEM CONTEÚDO. 

AS DE HOJE,

BELAS E MACIAS,

SÃO AS MESMAS DE AMANHÃ:

ENRRUGADAS E VAZIAS.  

QUEM AMA SEM OLHAR SÓ A BELEZA DE DEITAR

VÊ TAMBÉM

A TERNURA DE COMPARTILHAR.  
DESTA  MANEIRA

TU TERÁS

UM AMOR DE VERDADE

E COM QUEM NAMORAR

ATÉ O FIM DE TEU VIVER!


Milena Medeiros - 05/01/2010
postado inicialmente no meu blog do antigo livespace, atual Wordepress