minhas frases

AO NAVEGAR NO BLOG e quiser retornar ao início, clique no menu: "início"



Alguns artigos publicados foram pré-agendados (datas de publicação programadas) usando o aplicativo disponível no próprio Blogger, então, posso não estar online no instante da postagem.


Agradeço a sua visita. Se inscreva para eu te conhecer... bjuss...Mii

VISITANTES APÓS MARÇO- 2011

ASSISTA ALGUNS VÍDEOS QUE ESCOLHI.

Loading...

domingo

cenas de beijos de Bella -Lua Nova ( filme)

http://www.youtube.com/watch?v=zn_ukDxZ0SM

trilha sonora de Lua Nova

http://www.youtube.com/watch?v=OffhKP3SA6w

http://www.youtube.com/watch?v=OffhKP3SA6w

ASSIM COMO NÓS- Negra Noite





Quando estivermos
juntos pra valer
eu te entregar
em mãos
meu coração
tu passeares
ao ar livre
ao meu lado
assim 
abraçadinhos
na tarde
vazia
fria
gelada
como 
amantes naturais
sem privilégios
de queixumes
seremos
o amor
em forma 
de gente!

(negra noite-04/04/10)


CÁRCERE DE SENTIMENTOS - por Dina Fernandes




Texto de Negra Noite -E-MAILS e BANCOS PODERIAM SER COMO NOSSA TV


E-MAILS E BANCOS PODERIAM SER COMO NOSSA TV


AI GENTE, COMO DÁ TRABALHO CRIAR E MANTER E-MAILS. NÃO É?


O AMIGO NOS CONVIDA A VER UMA FOTO OU POSTAGEM DELE, LÁ VEM O CONVITE PARA ACESSARMOS O SITE ONDE ELE TEM TAL COISA. 
DAÍ, CLICAMOS NO LINK E VAMOS CURIOSOS PARA O SITE DO CONVITE.


NOSSA CURIOSIDADE SE DEPARA COM AQUELE CHAMADINHO ESCONDIDO ALI, AS VEZES ASSIM:  CRIE  SEU PERFIL OU OUTRAS VEZES ASSIM: FORNEÇA SEU E-MAIL PARA SE CADASTRAR E VER O QUE O TEU AMIGO QUER TE MOSTRAR
...AI AI AI...


E QUANDO EU ENTRO NO MEU BLOG OU E-MAIL E MEXO NAS CONFIGURAÇÕES OU ADICIONO O AD SENSE OU OUTRO APLICATIVO? VIXI! SAIO. E DEPOIS QUERO ENTRAR,,,,E NADA...
A SENHA NÃO ENTRA, OU VEM AQUELAS LETRAS IDIOTAS PARA COLOCARMOS.


JÁ NÃO ENXERGO BEM E AINDA TENHO QUE FICAR COLADA AO VÍDEO PARA DESCOBRIR QUAL É A LETRA. VOCÊS JÁ VIRAM QUE ELAS VEM MISTURADAS A SINAIS, OU GRUDADAS, OU DESENHADASS DE TAL FORMA QUE PARECE-NOS AQUELAS PIXAÇÕES EM RUAS. QUE NADA ENTENDEMOS, POIS FAZEM PARTE DO CONTEXTO DA TRIBO QUE A EFETUOU?


DEPOIS DE MUITA TENTATIVA DESISTO. MELHOR DEIXAR PARA OUTRO DIA QUE ESTEJA COM MAIS PACIÊNCIA E QUE DEUS ME AJUDE!


AGORA,  ATÉ PARA ACESSARMOS  NOSSA CONTA EM BANCOS TENHO QUE LEMBRAR OU ESCONDER EM ALGUM LUGAR TODAS AS SENHAS.


SE TENHO CONTA EM UM BANCO SÓ, TENHO QUE LEVAR COMIGO NO MÍNIMO 3 SENHAS: A DO CARTÃO, A DAS LETRAS DE ACESSO, A DA PORTA..(É, ATÉ PARA A GENTE ENTRAR NO BANCO, JÁ SOMOS OBRIGADOS A APRESENTAR SENHA DE ESTAR COM BANHO TOMADO, SEM BIJUTERIAS OU RELÓGIOS, SEM SAPATOS COM METAL OU FIVELAS, SEM CHAPÉUS COM BADULAQUES, SEM CINTA LIGA, SEM SOUTIEN  DE FECHO, SEM SOMBRINHAS GUARDADAS NA BOLSA, SEM CHAVES...E "REZAMOS" PARA NÃO NOS IMPEDIREM A ENTRADA MESMO ASSIM E NOS FAÇAM FICARMOS NUS EM PÚBLICO, SUJEITOS A SERMOS PRESOS POR FALTA DE COMPOSTURA!.


RSRSRS


ACHO QUE MUITOS PATRÕES JÁ DEVERIAM RETORNAR AO BOM CHEQUE, EM VEZ DE ABRIR UMA CONTA SALÁRIO . ASSIM, IRÍAMOS DIRETO AO CAIXA (AGORA AS FILAS ESTÃO DELIMITADAS!) E CONSEGUIRÍAMOS SACAR NOSSO MINGUADO DINHEIRINHO, BEM FÁCIL, MOSTRANDO APENAS  NOSSO DOCUMENTO UNIVERSAL (QUE CONHECEMOS COMO RG OU IDENTIDADE!).


QUE  BOM SERIA SE O SUPERMERCADO NOS FIZESSE FIADOS, COM AQUELA CADERNETA DE MARCAÇÃO DE COMPRAS E PAGAMENTOS EFETUADOS OU ACEITASSEM O CHEQUE QUE O NOSSO PATRÃO NOS FORNECEU.


SOU UNIVERSITÁRIA E TENHO DÓ DOS VELHINHOS OU DAQUELES QUE MAL SABEM ESCREVER...COMO SERÁ QUE ELES FICAM EM UM BANCO? A MERCÊ DE TANTOS SEGREDOS DE SENHAS, ENTRAR SEM METAIS, PEGAR SEU DINHEIRO SEM SER ROUBADO!!


...AI AI AI...


ANTES DOS ADVENTOS MAIS MODERNOS, ATUAIS, PARA SE ENTRAR NOS SITES E EM NOSSOS E-MAILS BASTAVAM: SENHA DE ACESSO E O E-MAIL.
AGORA PRECISAMOS, SENHA DE ACESSO, LETRINHAS, SEGURANÇA APRIMORADA OU NORMAL, CONFIRMAR SEU NOME, OS CINCO ÚLTIMOS NÚMEROS DE SEU TELEFONE E AINDA ASSIM NÃO BASTA, TEMOS QUE DIGITAR NOSSO CEP,  OU OUTRAS COISITAS MAIS ( QUANTA COISA PARA SE VIVER NA INTERNET!)


AI AI AI...


MEU ENDEREÇO ESTÁ CADA VEZ MAIS DIFÍCIL.


QUALQUER DIA DESSES IREMOS PRECISAR DA ID DO COMPUTADOR, A ID DO CELULAR, A ID DE MEU CÉREBRO PARA ACESSAR O PONTO DE ÔNIBUS, O MEU BLOG NO SITE, A PORTA DO PRONTO SOCORRO.


S O C O R R O O O O O O      G O O G L E (VOCÊS QUE SÃO OS MAIS MODERNINHOS DO PEDAÇO!)


NÃO NOS TRANSFORME APENAS EM NÚMEROS E QUILATES. ONDE CADA UM VALE O QUANTO ACESSA.


FAÇA COM QUE UTILIZEMOS O NOSSO COMPUTADOR COMO SE LIGÁSSEMOS NOSSA TV. 


FÁCIL, CLICAR NO BOTÃO E PRONTO!


MUDAR DE E-MAIL OU SITE? ROLAR O MOUSE COMO FAZEMOS AO SINTONIZAR UM CANAL NA TV.


É POR ISSO QUE A INTERNET AINDA PERDE DA TV E DO RÁDIO. ALI SOMOS PESSOAS QUE PODEM MANUSEAR UMA TECNOLOGIA SEM PRECISAR SE RECORDAR DE SENHAS E ENTRAR (LIGAR) SEM PRECISAR DE NÚMEROS DE ACESSO.


 AI AI AI...


ESSE RECLAME (NOTEM O QUE DIGO NESSA PALAVRA TÃO ANTIGA, DE NOSSOS PAIS) É PARA QUE TODOS QUE QUEIRAM UMA INTERNET FICAR MELHOR, APRIMORAR RECURSOS, ETC. SE RECORDEM QUE NÃO PRECISA TANTA COISA NÃO!


HAVERÁ SEMPRE HACKERS, EMBORA VOCÊS CRIEM TODAS ESSAS SENHAS E PROCESSOS....




NEGRA NOITE (alter ego de Milena Medeiros).


.

continuando sobre alter egos- Wikipédia

continuando sobre alter ego segundo a Wikipédia
"....

Alter egos atribuídos a cantores(as)


  • veja mais em Wikipédia

[editar]

falando sobre o alter ego

falando sobre o  ALTER EGO,
Wikipédia diz:


..."alter ego ou alterego (do latim alter = outro ego = eu) pode ser entendido literalmente como outro eu, outra personalidade de uma mesma pessoa. O termo é comumente utilizado em análises literárias para indicar uma identidade secreta de algum personagem ou para identificar um personagem como sendo a expressão da personalidade do próprio autor de forma geralmente não declarada.
Para a psicologia, o alter ego é um outro eu inconsciente.
Num outro sentido, o alter ego de uma pessoa não é uma faceta escondida ou secreta da sua personalidade, mas sim alguém de muito íntimo, um amigo fiel e inseparável em que essa pessoa se revê e deposita absoluta confiança. O alter ego é, neste caso, um perfeito substituto em que a pessoa pode delegar a sua representação ou outra função importante, na certeza de que ele pensará e agirá como ela pensaria ou agiria, isto é, como se fosse ela própria. É frequente, na vida política, um dirigente ou governante ter um alter ego como colaborador destacado, alguém habilitado a assumir fielmente as suas funções..."
"...Alter egos ficcionais
assim:
 Negra noite, noite negra são alter egos de Milena Medeiros

Pensamentos de Negra Noite (alter ego de Milena Medeiros) SOLITÁRIO



            AONDE QUER QUE EU VÁ 
HAVERÁ UM LADO DE MIM 
SOLITÁRIO!
04/04/2010
NEGRA NOITE (alter-ego de Milena Medeiros)


PUBLICADO NO RECANTO DAS LETRAS EM 07/06/2012


Poesia infantil/humor de Milena Medeiros -LAGARTIXA (mortandela)

Lagartixa 
É um bicho que não atenta, 
ele passa tão silente!
Vejo uma lagartixa 
em minha janela passear 
lembro-me da infância
e dos nomes a se dar. 
Todas coisas, 
bichos e gentes,  em geral,
tem mais de um nome. 
Mas lagartixa não tem! 
Crocodilo, jacaré.
Leão, rei da selva. 
Seu João, o pedreiro da contramão. Lesma, caramujo, molusco. 
Cobra, serpente, réptil. 
Bicicleta, magrela, bike. 
Carro, automóvel. 
Só lagartixa não tem! 
O pai da fá, 
minha amiga de há tempo 
tinha uma de paixão.
Toda noite ela vinha  
no batente ou corrimão. 
Ouvia ouvia o falar do seu Zumiro, 
que entendia de inventos 
e na memória tem a guardar. 
Agora só se sabe 
que 
deleita-se 
na espera da amiga
(acho que é mulher!) aparecer. 
Tal dama da noite 
na boate azul mar. 
Bem podia, 
nome a lagartixa agora dar. 
Se marreco pode se parecer com pato. 
Urubu ser corvo. 
Rato, camundongo. 




Pobrezinha dela,  
não quero assim não 


eu te batizo: "mortandela"!



01/04/2010









milena medeiros

( e-poeta)

Poesia de Milena Medeiros- DEPRIMIDO



DEPRIMIDO


Não fuja da busca
que teu corpo inebria em ti.
A pausa está longe, amigo,
Silente o coração descompassa.

Não brigue contigo,
Deixa a vida fluir.
Depressão tem nome.
Nome e cor.
Uns a chamam de tristeza
outros de afetação.
Uns dizem que é negra
outros verde limão.

Prá mim
solidão não é
pois essa, falta tudo.
As cores
nem de longe são
as que eu trago na emoção.

Da dor da separação,
do desamor no coração,
da vida em cada mão,
aqui faz coleção.

Não,
não tem nada assim
em toda a estação,
nem cores, nem frutos,
nem nada então.

A depressão
é um mar sem água,
sem doce ou sal,
sem vida, sem morte,
sem nada de forma.

Entra suave,
esparrama,
cria raízes,
se avoluma no coração.

Prá retirar,
esforço requer de montão.
Não basta um abraço,
um beijo
ou um presente.
Nem dinheiro, sorrisos,
pai, irmão.

A gente tem que querer
separar a dor
da dor da separação.
Uma sai leve
outra de sopetão.

O dia floresce soberbo
a noite cai em pétalas rubras
como a mostrar
que desse mundo
tudo há reparação!


(milena medeiros-17/03/10-tema proposto com Ciganinha: "deprimido")






Poesia de Milena Medeiros -CIGANO AMOR



CIGANO AMOR


Cigano esse amor

que vai de sites em sites a  navegar.

O que procuras nesse vagar?


Se forem sonhos,

eu os tenho bem reais.


Se for um coração,

tens aqui o meu,

que bate louco e só.


Cigano, que na internet vai, 

Procuras algo?


Se for amor,

Dou-me inteira a ti.


Se for afeição, carinho e atenção

Estou a teu dispor,


Sem tecla de delete ou pause.

As vezes, somente um F1.


Cigano amor,

Não procures muito além

assim, perco-te

e acho outro alguém!



(milena medeiros-15/03/10)
------------------

Texto de Milena Medeiros -Agradeço a você que me visita




Que bom tê-lo aqui.
Fico muito feliz em poder contar contigo neste Cantinho do Blogger.
Saber que acompanha meus posts aqui e/ ou nos outros "cantinhos", que eu fiz com muito carinho para recebê-lo, é muito importante para mim.



REFLEXÃO:



As vezes um pouco de solidão nos faz entendermos que não dependemos dos outros para nossa real felicidade.
Estes são importantes sim, na medida em que os deixamos livres como são e aprendemos a tê-los como pessoas capazes de se manterem e de nos fazerem felizes, sem que precisemos usá-los como fontes de dependência doentia.

Poesia de Milena Medeiros -NOSTALGIA

Nostalgia

A noite chega
a mansidão da tarde já se vai.
Assim também
vou eu
em caminhos  escuros
ruas desertas
chuva que faz estrelas brilharem
ao chão.

Sigo,
deserta de mim
nostálgica talvez
triste
cabisbaixa

Há muros ao redor
espinhos
na relva molhada

Minha pele
se corta
leves traços
demarcam o espaço
entre o sangue
e a água.

Também
 em meu coração
pedaços desprezados
delimitam
os sonhos
da dura realidade.

Cai ainda 
a chuva
intrigante sonoridade
que se espalha 
ao ar.

A gélida penumbra
 deixa marcas
em mim.
Ainda há a madrugada
a espreita
da hora morta.

A morte
enfim!

[Milena Medeiros]