minhas frases

AO NAVEGAR NO BLOG e quiser retornar ao início, clique no menu: "início"



Alguns artigos publicados foram pré-agendados (datas de publicação programadas) usando o aplicativo disponível no próprio Blogger, então, posso não estar online no instante da postagem.


Agradeço a sua visita. Se inscreva para eu te conhecer... bjuss...Mii

VISITANTES APÓS MARÇO- 2011

ASSISTA ALGUNS VÍDEOS QUE ESCOLHI.

Loading...

segunda-feira

Milena Medeiros falando sobre o fim do dia e a tristeza que chegou de repente / anexo vídeo que fala do amor

Ligue o vídeo, ouça a música e leia o texto. Ficará bem legal!



A tarde se alongava...era o final do dia...a luz do sol se apagava.....começava a escuridão, enquanto eu caminhava feliz ... eu não vi o precipício...agora estou caindo....caindo...


(20/09/10- ref. 18:40h do último dia)


Eu não estava preparada para essa dor. Tenho todas elas estão aqui guardadas comigo. Gostaria de passar adiante, e quando estou recuperando-me, tropeço novamente, caio.
A dor continua...
Não há amor? Só há a dor?


Eu estava tão feliz... era tudo tão tranqüilo. Uma bela tarde de sol. Daquelas tardes em que o sol aloura a areia da praia e temos uma enorme vontade de desenhar corações na areia úmida e pronta, como um caderno de desenho.


Eu desenhava corações em cada pedacinho de chão... e não vi que se aproximava a tempestade, a chuva, a escuridão... Eu, tão sonhadora!


Ah, quis auxílio para acompanhar-me no regresso a casa. Não encontrei quem me desse a mão. 


Agora estou caindo, o precipício junto as rochas da praia, ele estava ali o tempo todo, e eu não vi. 
A noite foi traiçoeira... Agora, sinto-me morta outravez!


(negra noite-20/09/10 23:33 horas)