minhas frases

AO NAVEGAR NO BLOG e quiser retornar ao início, clique no menu: "início"



Alguns artigos publicados foram pré-agendados (datas de publicação programadas) usando o aplicativo disponível no próprio Blogger, então, posso não estar online no instante da postagem.


Agradeço a sua visita. Se inscreva para eu te conhecer... bjuss...Mii

VISITANTES APÓS MARÇO- 2011

ASSISTA ALGUNS VÍDEOS QUE ESCOLHI.

Loading...

quarta-feira

Texto de Milena Medeiros- CONVERSÊ DOS GUARDA-CHUVAS





CONVERSÊ DOS GUARDA-CHUVAS

UMA HISTÓRIA ENTRE UM GUARDA-CHUVA E UMA SOMBRINHA NA TARDE CHUVOSA EM MAÚA.

(conversê- uma expressão que designa: prosear, conversar, bater papo)



BOM DIA, LINDA!
BOM REVER-TE!
DIAS ASSIM,
ACABAMOS SEMPRE NOS VENDO!

 - POIS É, AMIGO.
   BASTA UNS PINGOS
   PRA GENTE SE ABRIR TODO!


TU CONTINUAS FORMOSA, ATEMPORAL!

 - E TU, GARBOSO, ELEGANTE
   E FORMOSO!

COMO VAI A VIDA?
O QUE TEM FEITO?


 -TENHO ANDADO ENCLAUSURADA
  FECHADA PARA A VIDA.


AH, COMO PODE?
TU, LINDA ASSIM?
'TÁS DEPRIMIDA?


 -SEI NÃO. TALVEZ SEJA O POUCO TEMPO PARA SAIR
  FICO NUM CANTO, ABANDONADA...


AH, ENTENDO BEM ISSO...
E EU? ALÉM DE SER ESQUECIDO POR AÍ
AINDA FICO À MERCÊ DO TEMPO!
SÓ SAIO SE A COISA FICA PRETA, MESMO!!
DE RESTO... IIICHIII!!!!


 -RS RS (risos)


MAS, ME DIGA...
O QUE TENS FEITO
NESSES TEMPOS?


  -OLHA, EU ME GUARDO BEM.
   DOU-ME POUCO AO DIA A DIA
  QUANDO SAIO É SÓ APRESSADAMENTE!


EU TENHO TEMPO DE CISMAR...
AJEITO-ME AS PONTAS,
DOU-ME BRILHO,
PONHO-ME ATÉ A CANTAR!


  -COMO? CANTAR?!!


É, CANTO:
"...TOMARA QUE CHOVA TRES DIAS SEM PARAR..."


 -SÓ VOCÊ PRÁ ME FAZER RIR...
  VOU LEMBRAR-ME DISSO
  QUANDO ESSA CHUVA PASSAR...


CUIDADO! ESSA CALHA ESTÁ DEFEITUOSA!


 - UUUIIII!! SSSSSSHHHSSS
   ESSE PINGO ESCORREU-ME PELAS COSTAS
   (sentindo arrepios)


ESPERO TE ENCONTRAR POR AQUI OUTRO DIA!


 - ESSE TEMPO... IMPREVISÍVEL, NÉ?


MUITO!!


 - BEM, ATÉ LOGO...


QUE SEJA LOGO MESMO!!!


(milena medeiros-17/10/2011- na tarde chuvosa de  Mauá)
publicado no recanto das letras
Enviado por Milena Medeiros em 19/10/2011-Código do texto: T3285216
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/3285216