minhas frases

AO NAVEGAR NO BLOG e quiser retornar ao início, clique no menu: "início"



Alguns artigos publicados foram pré-agendados (datas de publicação programadas) usando o aplicativo disponível no próprio Blogger, então, posso não estar online no instante da postagem.


Agradeço a sua visita. Se inscreva para eu te conhecer... bjuss...Mii

VISITANTES APÓS MARÇO- 2011

ASSISTA ALGUNS VÍDEOS QUE ESCOLHI.

Loading...

segunda-feira

Poesia de Negra Noite - QUERIA // vídeo: Mana - Hasta que te conoci

 QUERIA

Não queria este ser que sou agora
queria ter a formosura ímpar
de uma adolescência em flor

Queria a vertente mais fértil

de um rio claro e tépido
onde minha alma navegasse silente

Não, não queria um ser que chora

o amor que foi embora
o amor que não existiu

Queria o sorriso franco e belo

de uma boca rosa
espelhando ao mundo sua alegria prazeirosa

Queria o abraço terno

o afeto sincero
a tranquila calma de um olhar

Queria a vida nascendo,

como um sol, todo dia
e a lua sempre cheia ou em brilhantes quartos

Esse meu querer (no entanto)

não tem sobrevivido
ele acaba sempre... sofrido!

(Negra Noite-25/08/2012)


 Letra da música:

Hasta que te conoci

No sabia, de tristezas, 
ni de lagrimas, ni nada, 
que me hicieran llorar...

Yo sabia de cariño, 

de ternura,
Porque a mí desde pequeño,
Eso me enseñó mamá, 
eso me enseñó mamá...

Eso y muchas cosas más...


Yo jamás sufrí, yo jamás lloré,

Yo era muy feliz, 
yo vivía muy bien...

Hasta que... te conocí...

Vi la vida con dolor
No te miento fui feliz,
Aunque con muy poco amor...

Y muy tarde comprendí,

Que no te debía amar...
Porque ahora pienso en ti,
Mas que ayer, mucho más

Yo vivía tan distinto,

algo hermoso, algo divino, 
lleno de felicidad
Yo sabia de alegrías, 
la belleza de la vida,
Pero no de soledad, 
pero no de soledad,
De eso y muchas cosas más

Yo jamás sufrí, yo jamás lloré,

Yo era muy feliz
yo vivía muy bien...

Hasta que te conocí...

Vi la vida con dolor
No te miento fui feliz,
Aunque con muy poco amor

Y muy tarde comprendí,

Que no te debía amar...
Porque ahora pienso en ti,
Más que ayer, mucho más

(instrumental)


ah...ah...

ah...ah...
ah...ah...

(instrumental)


Ahora yo quiero que me digas...

Si valió o no la pena...
El haberte conocido
Porque no te creo más

Y es que tu fuiste muy mala

Si, muy mala conmigo,
Por eso no te quiero
No te quiero ver jamás.

Vete!! Vete!!

Vete, salte de mi pena
Vete, no te quiero
No te quiero ver jamás!!

-------

Tradução

ATÉ QUE TE CONHECI


Eu não sabia, de tristezas,
nem de lágrimas, ou qualquer coisa, 

que me fizessem chorar...

Eu sabia de carinho,
de ternura,
Porque para mim desde pequeno,
Isso me ensinou mamãe,
isso me 
ensinou mamãe...

Isso e muitas coisas mais...

Eu jamais sofri, eu jamais chorei,
Eu era muito feliz,
eu vivia muito bem...


Até que... te conheci...

Vi a vida com dor
Não vou te mentir, fui feliz,
Embora com pouco amor...

E tarde demais percebi,
Que não devia te amar...
Porque agora penso em você,
Mais que ontem, muito mais...

Eu vivia tão diferente, algo belo,
Algo divino,
cheio de felicidade.
Eu sabia de alegrias,
da beleza da 
vida,

Mas não de solidão,
mas não de 
solidão,
Disso e muitas coisas mais...

Eu jamais sofri, eu jamais chorei,
Eu era muito feliz,
eu vivia muito 
bem...


Até que... te conheci...

Vi a vida com dor
Não vou te mentir, fui feliz,
Embora com pouco amor...
E tarde demais percebi,
Que não devia te amar
Porque agora penso em você,
Mais que ontem, muito mais...

(instrumental)

ah...ah...
ah...ah...
ah...ah...

(instrumental)

Agora, eu quero que você me diga...
Se valeu ou não a pena...
O ter te conhecido
Porque não acredito mais em você

Você foi muito má
Sim, muito má comigo,
Por isso não te quero
Não te quero ver jamais

Vá-se embora!! Vá-se embora!!
Vá, saia de minha tristeza
Vá, não te quero
Não  quero te ver nunca mais!