minhas frases

AO NAVEGAR NO BLOG e quiser retornar ao início, clique no menu: "início"



Alguns artigos publicados foram pré-agendados (datas de publicação programadas) usando o aplicativo disponível no próprio Blogger, então, posso não estar online no instante da postagem.


Agradeço a sua visita. Se inscreva para eu te conhecer... bjuss...Mii

VISITANTES APÓS MARÇO- 2011

ASSISTA ALGUNS VÍDEOS QUE ESCOLHI.

Loading...

sábado

Texto de Milena Medeiros- DIGO SIM, TODO DIA!


Todo dia eu digo sim, à felicidade, 
à ir em frente apesar de,
em comprometer-me mais com coisas boas, 
a diminuir os acessos de raiva e menosprezo,
dedicar-me a tudo o que me faz bem e o que te faz bem, 
em ser atenciosa, 
a ser menos exigente, 
a aumentar as doses de carinho e amor, 
fazer da gratidão um espelho de alma, 
não sofrer em demasia, 
não sofrer por antecipação, 
saber colher-te todo dia em meus abraços,
não buscar coisas que não darão valor à minha vida, 
não ter interesse mesquinho, 
poder sempre dizer:
- Eu te amo à pessoa certa... 
e a pessoa certa: 
-É VOCÊ!

(Milena Medeiros-10/10/12)
eu quero assim!



quinta-feira

Poesia de Negra Noite-ANSEIOS & RECEIOS/Sadistic Love - inspiração na música de JOHN SOKOLOFF


Tenho um colega de site (Poemas, contos, etc) no site Recanto das Letras- MARQUÊS SADE ROCCO -(link para o perfil: rocco ) que vem me seguindo e eu a ele.
Trocamos mensagens com compartilhamento de poesias e/ou vídeos musicais e de interesse mútuo à cultura. E aos nossos desejos e anseios.
Hoje, ele mandou-me algo de Vivaldi e eu o retribuí com essa do John Sokoloff e, no mesmo instante, veio-me a inspiração, que logo escrevi on line no Yahoo Mail. Segue abaixo o poema

ANSEIOS & DESEJOS  
(Sadistic love)

É inerte a minha dor
Dela, sem compaixão,
expresso
em linhas quebradas...

Tu não as sentes
nem a vês
essas cicatrizes
que o sádico destino
interpôs em minha pele,
outrora tão macia e pudica...

As marcas e a música
são emblemas
de uma confissão:
Amo
e não sou amada!

Isso, sádico-amor,
é tua alegria
já que compartilhas
das mesmas armas
as quais 
me transfiguraram...

O vale,
sombrio
derramado
em caminhos sinuosos,
serpenteia
a primavera de minha vida.

E só
a minha dor
caminha comigo
em recordações
que esmiuçam
um tênue fio
de esperança
tal qual
um imenso arco iris
num céu de inverno...

A solidão de horas
é meu único veículo.
E a noite,
onde escondo meus medos,
é a cama
onde sonho
sonho de donzelas
e acabo sempre
despertada
como em um pesadelo!


(Negra noite- 08/10/12-13:52h-online no site Yahoo- para o vídeo: Valleys- John Sokoloff)

Link para o vídeo que serviu-me de inspiração:
Canal Oficial no Youtube: John Sokoloff- Oficial

*negra noite é alter ego de Milena Medeiros - nesse alter ego ela escreve duramente as coisas da vida. Um olhar cru, desconcertante, muitas vezes...

O título e o subtítulo foram sugeridos, respectivamente,  pelos amigos: Ricardo Marques e John Sokoloff, aos quais compartilhei  e pedi a sugestão e, eles atenciosamente, o forneceram e aos quais deixo expresso os meus maiores sentimentos amorosos. 
Obrigada aos dois!

quarta-feira

Poesia de Negra NOite- ANJO BOM, AMOR PERFEITO


ANJO BOM, AMOR PERFEITO

Tão me  é especial

a tua entrega

que não meço o momento

desse amor de entrega se fazer.

Anjo perdido

Anjo solto

Anjo vadio no meu peito

Vem,

Não se acanhe

toma-me em teus braços

conduza-me aos altos

prazeres

Eu preciso acostumar

com seus ternos carinhos

pois deles todos preciso

e não ser tão sozinha.

Vem,

tira-me dessa solidão

junte o teu e o meu coração

Faz-me crer que tudo é possível

dentre as possibilidades do amor.

Anjo bom, anjo lindo

Sem você eu não saberei mais viver

Dou-te minha rosa vermelha

Essa que guardo aqui

em meu peito.

Entrego-a sem receio

a ti

que me fazes tão bem...

Estava eu tão perdida em pensamentos

vazios...

sem calor...

na frieza de meu sentimento...

E

agora

canto às paredes

às flores

ao tempo

Como é bom te ter

como é fácil te amar

Como é possível não ter

te encontrado antes

bem antes...

Não ter perdido tanto tempo

sem te sentir

sem ter tuas mãos

a me acariciarem

sem ter você aqui

na minha solidão...

(Negra Noite-10/10/12-21:39h-online no site wordpress)

Inspirada na música: Amor Perfeito - Jota Quest-

amor de entrega
Publicado no Recanto das Letras
vem...



Poesia Dedicatória de Milena Medeiros - EU DIRIA ASSIM...

EU DIRIA ASSIM...


Não, eu não te notei antes
Antes tivesse notado...
Somente soube mais de ti
quando, na inocência tua
conferiste a mim,
em dedicatória amizade,
algumas linhas
e uma música...
A partir daquele momento
onde a dor e a alegria se misturavam
(sentia a perda de um amor...)
Comecei a te conhecer melhor...

E, hoje,
deslumbrada
ante a disponibilidade
de um encontro
é que te sei mais que pensava.

Agora, tu és
tão importante quanto
a tua rosa a mim ofertada.
Tu houvera me cativado
e eu agora busco te cativar.
Embora com medo
de sentir
esse novo amor 
e logo depois
vê-lo partir...

(Milena Medeiros-10/outubro/2012-16:06h)
G M



Poesia de Negra Noite- SADE, SOIS UM SER VIL!


SADE, SOIS UM SER VIL!

Sade
Sois este ser
vil
que corrompe as almas
incautas
afobadas
inexperientes.

Sade
Sois um cáustico
sofrer
pois déstes desejos
e depois os retira
deixando dores
que maculam a alma.

Vade
não "sadiquise"
esse campo
Já é árido o bastante
Porque tens que nele
jogar tuas sementes
de víboras?

Sade
o romântico que finges ser
tens máscara
de vil ser
Cantas melodias
formosas
até nos envolver
em tua insana hipnose

Agora
sai!
não maltrates este coração...
Não apeles
por ti compaixão
já que a retira
até sangrarmos
ao chão.

(Negra Noite-09/10/12-01:01h- online no site yahoo)

Escutando a música:
Sade- NO Ordinary Love
 NO ORDINARY LOVE- música - Youtube
Inspirada no colega do site Recanto das Letras : Marques Rocco Sade