minhas frases

AO NAVEGAR NO BLOG e quiser retornar ao início, clique no menu: "início"



Alguns artigos publicados foram pré-agendados (datas de publicação programadas) usando o aplicativo disponível no próprio Blogger, então, posso não estar online no instante da postagem.


Agradeço a sua visita. Se inscreva para eu te conhecer... bjuss...Mii

VISITANTES APÓS MARÇO- 2011

ASSISTA ALGUNS VÍDEOS QUE ESCOLHI.

Loading...

sexta-feira

UM PORTO À ESPERA DE NAVIOS

Adorei saber que está me fazendo mais companhia... 
parece-me que está se soltando das amarras no cais...
Querendo navegar outros portos...

                    ...que eu seja o seu porto 

                                      e você meu navio...



quarta-feira

Texto de humor de Negra Noite- SOU UMA DELÍCIA




À pedido de uma amigo que queria 

saber como sou, lhe passei o 

seguinte:

"Uma delícia... Gostosa ... Não dá 

para se largar... Dá vontade de 

comer...

Calma....

Estou falando da manteiga lá de 

casa! (risos)
Milena Medeiros

Publicado no Recanto das Letras

Frase Sobre o Amor - Davideusei

"O Amor não faz coisas impossíveis
O impossível é ficar, sem amor."

(Davideusei- trecho do texto com nome: Fiz Uma Canção Pra Te Esquecer)

leia na íntegra o texto, no site Recanto das Letras- Davideusei

Texto de Negra Noite - AOS MEUS CIÚMES

Todo dia te olho como se fosse a primeira vez.Te apanho no meu quintal de pensamentos e te planto, ali, perto do meu coração.
Te adubo com veemência, não salutar, te prendendo entre as mãos, querendo só a ti abraçar.
Ah, ciúmes, deixa-me livre, não quero te plantar. E mesmo assim, como se fosse meu trabalho nessa lavoura, me escravizas a te colher, sofregadamente.
Canso-me, tento desistir, e o fim do plantio chega, recolho-me aos meus aposentos.
No novo dia, com a peneira na mão, saio à lavoura, levo sementes e de novo te planto.
Ah, ciúmes, quisera saber plantar mais amores perfeitos e só então poderia te deixar no chão, sem te plantar.

Negra Noite- 05/12/2012- 06:19 horas
ciúmes são pontas de dor
publicado no Recanto das Letras